Operação foi batizada de Glasnost | Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) realiza nesta terça-feira (19) uma operação para combater o crime de pedofilia na Bahia e em dez estados brasileiros. Ao todo, serão cumpridos 86 mandados de busca e apreensão, 30 de condução coercitiva – quando os suspeitos são conduzidos para a delegacia para prestar depoimento –  e um mandado de prisão preventiva. Também serão realizadas coletas de amostras biológicas dos suspeitos para inclusão na base de dados de DNA da PF. A investigação é realizada há dois anos. Batizada de Glasnost, termo russo que significa transparência, a ação também cumprirá medidas semelhantes contra brasileiros investigados que moram nos Estados Unidos, com o apoio do FBI. A Polícia Federal também informou que um dos investigados, que já foi identificado, abusava sexualmente da própria filha de cinco anos de idade. Os outros estados envolvidos na operação são Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas, Ceará, Maranhão, Minas Gerais e Goiás. Aproximadamente 400 policiais federais participam da ação. (BN)