Bahia Notícias
xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.3TdIb5NpZW

Foto: Arquivo

A Polícia Federal (PF) cumpriu dois mandados de busca e um de condução coercitiva em Salvador na manhã desta quinta-feira (5), como parte de fase da Operação Lava Jato. Ainda não foi divulgado pela polícia o nome daquele que, na capital baiana, teve que se apresentar à polícia para prestar depoimento. Contudo, a operação foi realizada na sede da empresa baiana GDK, alvo de inquérito para investigar possíveis fraudes em contratos da Petrobras. A empresa apareceu no depoimento do doleiro Alberto Youssef que entrou no sistema da Justiça Federal no último dia 26. Além da Bahia, outros três estados também passaram pelo processo nesta manhã – São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina – , o que totalizou em uma prisão preventiva, três de prisão temporária, 18 de condução coercitiva e 40 de busca e apreensão.