Share Button
Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado

Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado

O senador Otto Alencar (PSD) reagiu, nesta sexta-feira (29), a indicação do PSD para um cargo no governo de Jair Bolsonaro. O presidente nacional da legenda de Otto, Gilberto Kassab, emplacou Giovanne Gomes da Silva para a presidência da Funasa. A indicação foi mais um passo de aproximação entre o Planalto e o centrão. “O PSD da Bahia não tem qualquer ligação com essa indicação. Não indicamos e não vamos indicar ninguém para o governo. Agora o PSD é um partido muito grande, presente em todos os estados. Em Minas, o partido apoiou o Bolsonaro, então é até natural”, disse Otto ao Bahia Notícias. O senador e presidente do partido na Bahia já tinha afirmado com veemência que não iria aceitar fazer parte ou indicar cargos no governo de Jair Bolsonaro. A indicação é estratégia do presidente de se construir uma base no Congresso Nacional.