image

O cantor de arrocha Pablo passou por uma situação desagradável antes de se apresentar no Forró do Alambique, em Barreiras, no oeste da Bahia. Em conversa com o Bocão News, o artista conta que o radialista Ronaldo Ramos estava alcoolizado quando começou a fazer a abertura do show.

“Ele queria dois microfones, um para ele e para outro colega, mas minha equipe não tinha dois microfones. E depois desse episódio, ele começou a humilhar minha banda. Ficou chateado e achou que minha técnica estava ‘mafiando’ ele”, relatou.

O artista disse ainda que o comunicador da Rádio Barreiras tentou induzir o público a vaiar a banda e chegou a fazer comparações com outros grupos que se apresentaram, e sempre no intuito de minimizá-lo. “Ele estava usando o nosso palco, e a nossa estrutura para humilhar a gente. Meu técnico cortou o microfone dele, e a banda começou o show. Ronaldo se injuriou, e bêbado, jogou whisky em meu rosto quando subi ao palco. Fiquei chateado, chamei ele de babaca e mandei ele sair da festa”, conta.

À nossa reportagem, Pablo lamentou a atitude do comunicador. “Ele foi pago para poder fazer essa apresentação. Pago para fazer uma coisa e usou o microfone como uma arma para denegrir a minha imagem. Eu acho isso uma falta de respeito, de profissionalismo”.  (Bocão News)

Confira o vídeo: