Um paciente do Hospital Geral Clériston Andrade, no município de Feira de Santana, a cerca de 100 Km de Salvador, morreu na terça-feira (6), em casa, após fugir da unidade de saúde na sexta-feira (2). Segundo familiares, o paciente precisava de cuidados médicos, mas como tinha sido vítima de uma tentativa de homicídio, ficou com medo e voltou para casa sem autorização. Ele tinha 32 anos e estava ferido por dois disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com parentes, essa foi a terceira fuga do paciente da unidade de saúde. De acordo com a direção do hospital, há falhas no controle de entrada e saída de pacientes na instituição, que atende a mais de 100 municípios na região de Feira de Santana. “O controle é falho porque se o visitante recebe aquele papel de visita ele pode passar até para um paciente que se quiser sair, ninguém vai ser identificado”, admite José Pitangueiras, diretor do hospital. (G1)