WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Parabéns, Santaluz!

Bahia receberá mais de 280 mil doses de vacina contra Covid-19 nesta sexta-feira

Share Button

Foto: Divulgação/Sesab

A Bahia receberá 280.750 doses de vacinas contra Covid-19. A carga, toda de imunizantes da Oxford/AstraZeneca, está prevista para chegar ao aeroporto de Salvador no início da madrugada desta sexta-feira (16). Toda a remessa será destinada para a primeira aplicação. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), as vacinas devem começar a ser distribuídas ainda nesta sexta-feira por via terrestre e também em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador, após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. Elas serão remetidas, exclusivamente, aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado. Com esta nova remessa, a Bahia chegará ao total de 9.614.680 doses de vacinas recebidas.

Notícias de Santaluz

Juíza nega liminar da APLB e mantém retorno de aulas semipresenciais em cidade da Bahia

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução

Uma decisão negou o pedido dos professores de não retornarem às aulas na rede municipal e particular de Vitória da Conquista, no Sudoeste. A medida foi tomada pela juíza Solange Maria de Almeida Neves, da 1ª Vara da Fazenda Pública local. Neves manteve o decreto municipal 21.192, que determina o retorno às aulas, no caso, semipresenciais. Desde a segunda-feira (12), as escolas estavam obrigadas a voltar às atividades.

Representante da categoria, a APLB Sindicato argumentou “que o retorno às aulas de forma presencial põe em risco toda a classe de professores”. Segundo os docentes, a volta às atividades vai expor cerca de 60 mil alunos ao risco de contrair Covid-19, o que pode implicar em infeção das famílias e dos trabalhadores.

Na decisão, a magistrada declarou que “não se ignora que a situação de pandemia, ora vivenciada, impôs drásticas alterações na rotina de todos”, mas afirma que “todavia, em função da gravidade da situação, exige-se a tomada de medidas coordenadas e voltadas ao bem comum, sempre em respeito à competência de cada ente da federação”.

O decreto municipal estabeleceu que as escolas devem manter a ocupação de 50% da capacidade, distanciamento mínimo de 1,5 metro por aluno, aferição de temperatura, álcool em gel, entre outros.

Morador do subúrbio de Salvador tem carro incendiado e ganha outro veículo após ‘vaquinha’ feita por amigos e vizinhos

Share Button

Por G1 BA

Alexsandro ficou emocionado com o carro novo | Foto: Reprodução/Belezas.suburbio

Um morador do bairro Boa Vista do Lobato, em Salvador, foi surpreendido após receber um carro comprado após uma “vaquinha” organizada por amigos e vizinhos. Alexsandro Bahia havia perdido um veículo, que foi incendiado, e foi surpreendido ao ganhar um outro carro, na última segunda-feira (12).

Alexsandro, de 34 anos, que tem uma filha, conta que era proprietário do carro há cerca de dez anos. Por gostar muito do veículo decidiu gastar o dinheiro da rescisão com uma reforma no carro. Desde 2006 ele trabalhava na área de Telecomunicações, mas foi demitido em 2019.

“Foram 10 anos com aquele Celta. Ficou três anos parado, pois não tinha dinheiro para reforma. Tem foto de quando ele saiu de casa para oficina e de quando eu tirava o final de semana para arrumar e lavar ele, com ajuda da minha filha”, lembra.

Alexsandro contou ainda que foi pagando as peças da reforma do carro aos poucos e concluiu em junho desde ano. Mas a felicidade durou pouco tempo. No dia 4 de julho, pouco mais um mês depois da reforma, que custou cerca de R$ 6 mil, o carro foi totalmente queimado.

Ele conta que prestou queixa do caso, mas não faz ideia de quem fez e porque fizeram isso com o carro dele, recém-reformado. De acordo com informações da Polícia Civil, o caso foi registrado na 29ª Delegacia da Polícia (DT), de Plataforma e segue sendo investigado. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Alexsandro, naquele momento sem carro e sem emprego, diz que esperava alguma ajuda de amigos e vizinhos que souberam da história, mas ficou realmente surpreso ao receber um outro carro, do mesmo modelo que ele tanto gostava.

“Estou até agora sem acreditar. Não me passou pela cabeça que eles me ajudariam tanto e me presenteariam justamente com um carro igual ao outro que eu tanto gostava”, relembra.

Emoção

A entrega do carro foi no final da tarde da última segunda-feira. Alexsandro estava na praça, em frente a um bar, na rua Itaquaraci, em Boa Vista do Lobato, quando foi surpreendido pelos amigos, que se conhecem há mais de 20 anos.

Eles se uniram, fizeram uma “vaquinha”, conseguiram arrecadar R$ 10 mil e compraram um carro usado para ele. A ideia foi organizada pelos amigos Marivaldo de Jesus, Tiago Miranda, Donato e Ailton Borges, que criaram um grupo e foram mobilizando as pessoas.

“Eles conseguiram esconder tanto que não escapuliu nada que eu pudesse perceber”, conta o Alexsandro.

O amigo Ailton Borges explica que cerca de 100 pessoas contribuíram com a campanha e, no período de uma semana, conseguiram juntar o valor necessário.

“A gente se organizou e fomos pedindo contribuição de um e de outro. Somos amigos de muitos anos, nascidos e criados juntos [no bairro do Lobato]. Quando o Alex teve o carro dele incendiado, ele ficou sem chão, chorou muito, porque fazia pouco mais de um mês que ele tinha gastado tudo que tinha na reforma. Isso também ajudou a mobilizar as pessoas”, conta.

A partir desta ação, Ailton disse que o plano é manter o grupo para ajudar os amigos e vizinhos.

“Há males que vêm para o bem. Depois deste caso, estamos mais unidos. E também queremos manter o grupo para continuar ajudando as pessoas, sempre que necessário”, conclui.

Recentemente, Alexsandro conseguiu um novo trabalho na mesma área que atuou, com telecomunicações. Além de empregado, ele segue nas ruas de Salvador sob o comando de quatro rodas.

Santaluz registra mais 1 morte suspeita de Covid; total de casos ativos sobe para 220

Share Button

Foto: Freepik

Santaluz registrou mais 22 casos de Covid-19 e uma morte por suspeita da doença, de acordo com o boletim divulgado na noite desta quarta-feira (14) pela Secretaria Municipal de Saúde. A cidade contabiliza agora 3.479 diagnósticos positivos desde o começo da pandemia. Nenhuma cura clínica foi registrada nas últimas 24 horas. Com isso, o total de pacientes com o vírus ativo subiu de 198 para 220. Há ainda 105 suspeitas de infecção sendo investigadas.

Notícias de Santaluz

Bahia atinge menor número de casos ativos da Covid-19 dos últimos sete dias

Share Button

Foto: Freepik

A Bahia registrou o menor número de casos ativos da Covid-19 dos últimos sete dias. De acordo com o boletim divulgado pela secretaria de saúde do estado, nesta quarta-feira (14), atualmente, a Bahia possui 10.834 infectados ativos. De acordo com o Bahia Notícias, o boletim também aponta que 2.230 novos casos de Covid-19 e 2.387 curas clínicas foram registrados nas últimas 24 horas. O informativo ainda traz 64 novos óbitos, totalizando 24.974 mortos por conta da doença desde o início da pandemia. A ocupação de leitos de UTI na Bahia chegou a 62% e a enfermaria com 46%.

Ministério da Saúde envia à CPI parecer contra uso do ‘kit Covid’

Share Button

Cloroquina e Hidroxicloroquina não têm eficácia comprovada contra a Covid | Foto: Reprodução/TV Globo

Em um documento enviado à CPI da Covid, o Ministério da Saúde informou que os medicamentos cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina não devem ser utilizados em pacientes hospitalizados por causa da Covid-19.

O documento é uma nota técnica da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do Sistema de Saúde (Conitec), e foi enviado em resposta a um requerimento do senador Humberto Costa (PT-PE). No documento, Costa solicitou informações sobre o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas relativas ao tratamento da Covid-19.

Segundo a Conitec, os medicamentos do chamado kit covid foram testados e não mostraram benefícios clínicos.

“Alguns medicamentos foram testados e não mostraram benefícios clínicos na população de pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados, sendo eles: hidroxicloroquina ou cloroquina, azitromicina, lopinavir/ritonavir, colchicina e plasma convalescente. A ivermectina e a associação de casirivimabe + imdevimabe não possuem evidência que justifiquem seu uso em pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados nessa população”, diz o documento.

Essas diretrizes, conforme indica a nota, foram aprovadas por unanimidade pelos membros da Conitec em maio e “devem ser seguidas nos serviços de saúde, públicos ou privados, que prestam atendimento a pacientes diagnosticados com Covid-19”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vem alertando desde o segundo semestre do ano passado que a cloroquina, hidroxicloroquina e azitromicina não tem eficácia comprovada contra a Covid-19 e podem provocar efeitos colaterais.

Bolsonaro é levado para SP devido a obstrução intestinal; médicos avaliam cirurgia de emergência

Share Button

Por G1

Foto do presidente Jair Bolsonaro divulgada nesta quarta-feira (14) em rede social verificada | Foto: Instagram/Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro enfrenta um quadro de obstrução intestinal e foi transferido nesta quarta-feira (14) para São Paulo para que os médicos avaliem a necessidade de uma cirurgia de emergência. Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, após sentir dores abdominais na madrugada. Segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o presidente chegou a ser sedado pela manhã. Por volta das 16h30, Bolsonaro deixou o hospital e foi levado de ambulância para a Base Aérea de Brasília, onde um avião o aguardava. O presidente chegou ao local por volta das 17h. O avião decolou para São Paulo às 17h29. Segundo o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente, Bolsonaro ficará em observação por três dias em São Paulo. De acordo com a nota oficial, a constatação da obstrução intestinal foi feita pelo cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo, que acompanha a saúde de Jair Bolsonaro desde o atentado a faca sofrido pelo então candidato nas eleições de 2018. Em abril deste ano, Bolsonaro já havia dito que poderia passar por uma nova cirurgia em razão da facada.

Central sindical propõe greve do serviço público, mas sindicalistas acham que é cedo

Share Button

Foto: Roberto Parizotti/CUT

O presidente da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros), Antonio Neto, vai sugerir na próxima reunião das centrais sindicais uma greve geral do serviço público contra a reforma administrativa, de acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo. Ricardo Patah, presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores), diz que a proposta da paralisação não é novidade e já foi feita por outras centrais, mas ainda é cedo. “Se for o caso de não ter alternativa e o governo insistir nesta reforma, não há dúvida de que é um dos motivos para parar o Brasil”, diz Patah. Para Miguel Torres, da Força Sindical, não tem clima. A ideia é, antes, fortalecer a informação nas bases, ele afirma. Desde a semana passada, um grupo de 15 centrais sindicais, entre elas CUT, Força Sindical e UGT, têm feito mobilizações municipais e estaduais em resistência ao projeto, que terminam no dia 3 de agosto com um ato em Brasília. As entidades também aderiram às manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro marcadas para 24 de julho.

Pela primeira vez em 8 meses, nenhum estado tem UTI de Covid lotada, diz Fiocruz

Share Button

Por G1

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Pela primeira vez em oito meses, nenhum estado brasileiro tem UTI de Covid lotada. É o que revela o último Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz, publicado nesta quarta-feira (14).

Atualmente, a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS é inferior a 90%.

Para os pesquisadores, a redução é reflexo da nova fase da epidemia no país. Com a vacinação, o número de óbitos e internações diminui entre os grupos de risco ou grupos prioritários, como os idosos e portadores de doenças crônicas.

O estudo revela ainda tendência de queda nos indicadores de incidência e mortalidade por Covid-19 na semana de 4 a 10 de julho. Esta é a terceira queda consecutiva.

O número de casos e de óbitos vem caindo há três semanas em cerca de 2% ao dia, mas ainda segue em patamar alto. A taxa de letalidade está em torno de 3%, percentual considerado elevado.

Segundo os especialistas, “o arrefecimento mais duradouro da pandemia” depende das seguintes medidas: avanço da campanha de vacinação; adequação das práticas de vigilância em saúde; reforço da atenção primária à saúde; medidas de proteção individual, como o uso de máscaras e o distanciamento físico.

“É importante destacar que as vacinas disponíveis apresentam limites em relação ao bloqueio da transmissão do vírus, que continua circulando com intensidade. As vacinas são especialmente efetivas na prevenção de casos graves”, ressaltam.

Após uma semana da chegada de alimentos, ‘kit merenda’ ainda não começou a ser entregue a estudantes de Santaluz

Share Button

Prefeitura chegou a divulgar recebimento de alimentos e montagem dos kits, mas uma semana depois ainda não informou quando começa a distribuição | Foto: Reprodução

Uma semana após anunciar o recebimento de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), a Prefeitura de Santaluz ainda não começou a distribuição dos kits de alimentos para os alunos da rede municipal de ensino.

Desde o início da pandemia, o governo federal continuou fornecendo os recursos destinados à compra da merenda escolar, mesmo com as escolas fechadas, e permitiu que a entrega dos alimentos fosse feita diretamente aos alunos ou a seus responsáveis em forma de kits.

A medida visa promover a segurança alimentar e nutricional dos estudantes enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas. Os alunos da rede municipal de ensino de Santaluz, contudo, ainda não receberam nenhum kit em 2021.

No dia 7 de julho, depois de levar vários meses para conseguir organizar uma licitação, a Prefeitura divulgou nas redes sociais uma nota anunciando a chegada dos alimentos e a montagem dos kits. Em um vídeo, também nas redes sociais, a secretária de Educação do município disse que o calendário de distribuição das cestas seria divulgado na última segunda-feira (12), mas até a manhã desta quarta-feira (14) o cronograma ainda não havia sido publicado. 

Por ora, apesar de toda a expectativa e já cansados da longa espera, os estudantes continuam aguardando o fim da saga do kit merenda escolar.

Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia