xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.Af0p-4FjbH

Caso aconteceu no município de taperoá.

Um homem foi preso acusado de estuprar três filhas, portadoras de síndrome de Down, em Taperoá, no Baixo Sul baiano. De acordo com o R7, depois de preso, ele se matou na carceragem local nesta quinta-feira (29). Segundo a Delegacia Territorial, o pescador Benedito Nunes do Nascimento, de 59 anos, foi preso após uma das vítimas denunciar os estupros, que ocorriam há cerca de dois anos, desde que a mãe das jovens morreu.  As vítimas têm 19, 20 e 22 anos. Ainda de acordo com o R7, a polícia informou que a filha mais velha chegou a negar os abusos, após ter desenvolvido a síndrome de Estocolmo. O problema ocorre quando uma pessoa submetida à intimidação desenvolve simpatia pelo agressor. De acordo com relato policial, uma das filhas chegou a ficar grávida do acusado, mas sofreu um aborto.