O Papa Francisco abriu mão de usar um utilitário esportivo blindado da Mercedes-Benz para andar com um modesto monovolume durante sua primeira visita ao Brasil. O pontífice, que chegou ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira (22), se deslocou pela cidade a bordo de um Fiat Idea Essence 1.6. O modelo, que não recebeu nenhum tipo de proteção, custa a partir R$ 45.370.

Segundo a revista Veja a opção por usar um veículo mais simples (e de origem italiana) foi do próprio papa. Além dos Idea (duas unidades serão usadas) o líder da igreja católica teria solicitado dois Bravo, também na versão Essence e sem blindagem, com preço sugerido de R$ 54.750. Além da dupla o Papa Francisco irá andar com um “papamóvel” aberto, também sem blindagem, construído sobre um Mercedes Classe G. No Vaticano o pontífice tem à sua disposição outro Mercedes Classe M, blindado, que não foi trazido ao Brasil.

Martelinho de ouro
O Fiat Idea usado pelo papa no trajeto entre o Aeroporto do Galeão e a Catedral Metropolitana deve precisar de reparos após o término da Jornada Mundial da Juventude. Durante o percurso o monovolume foi atingido inúmeras vezes por dois Toyota Corolla — um na frente e outro atrás — que serviam de escolta. Os choques ocorriam principalmente quando a multidão se aproximava dos veículos, obrigando os seguranças a aproximarem os sedãs para proteger o Idea. (R7)