Share Button

Por G1 BA

Foto: Itana Alencar/G1 BA

Foto: Itana Alencar/G1 BA

O Papa Francisco será presenteado com uma parte do corpo de Irmã Dulce, durante a cerimônia de canonização da futura santa, no Vaticano, no dia 13 de outubro. Segundo informações da Arquidiocese de Salvador, os restos mortais serão entregues em um relicário acompanhado de uma pedra ametista, que terá formato de coração. A arquidiocese não informou qual parte do corpo será entregue. De acordo com a instituição, o ato é uma prática comum no catolicismo. Em 2019, o Papa Francisco doou um relicário com pedaços de ossos de São Pedro ao Patriarca Ecumênico de Constantinopla Bartolomeu I. A Arquidiocese de Salvador informou que os relicários têm uma importância espiritual e religiosa para os fiéis. A canonização de Irmã Dulce será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas da santificação de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa) e do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte).