Romário Vieira Oliveira, chefe da Guarda Civil Municipal da cidade de Pé de Serra, morreu na manhã desta sexta-feira (21), depois de quase vinte dias internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral Cleriston Silva (HGCA) em Feira de Santana. Segundo informações do blog Hora da Verdade, ele levou seis tiros durante uma tentativa de homicídio, no dia 2 de fevereiro deste ano. O caso ocorreu momentos antes de uma quadrilha explodir dois caixas eletrônicos na cidade. De acordo com o blog Hora da Verdade, Romário estava dentro de um carro em uma praça na região central de Pé de Serra, quando foi surpreendido por um indivíduo, que se aproximou do veículo, em uma moto, e efetuou vários disparos. Outro homem que estava com Romário também foi atingido, mas passa bem. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O assassino ainda não foi identificado. A Prefeitura de Pé de Serra decretou luto oficial de três dias na cidade.

Redação Notícias de Santaluz