Share Button
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhou a apuração dos votos no segundo turno da eleição para presidente acompanhado de um carcereiro na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. De acordo com informações da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ele disse que “perder faz parte”. Lula lembrou ainda que essa foi a oitava disputa de segundo turno da qual o PT participou. O partido tinha Fernando Haddad (PT) como representante na disputa, que acabou derrotado nas urnas por Jair Bolsonaro (PSL).