Share Button

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagou nesta terça-feira (17), em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, uma operação visando combater crimes de exercício ilegal da medicina e falsificação de diploma do curso superior emitido por universidade estrangeira. Segundo a PF, os médicos ou os candidatos pagavam um valor para facilitar a sua transferência para universidades brasileiras mediante apresentação de currículo falso de universidade estrangeira e depois começavam a atuar nos municípios brasileiros, principalmente em postos de saúde e hospitais. A PF informou que cinco falsos médicos foram descobertos trabalhando no hospital municipal de Jitaúna, também no sudoeste baiano, mas fugiram para outras cidades dos estados do Espírito Santo e Amazonas. Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca nesta terça-feira, conforme a Polícia Federal. Segundo a corporação, os falsos médicos vão responder por uso de documento falso, exercício ilegal da medicina, peculato e associação criminosa.

Notícias de Santaluz