Share Button
darkweb

Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (22) a segunda fase da Operação Darknet, com o objetivo de combater uma rede de distribuição de pornografia infantil nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará e Amazonas. Cerca de 300 policiais federais cumprem 70 mandados de busca e apreensão e de prisão. Segundo a PF, 67 pessoas são investigadas por participação na troca e na distribuição de fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes na chamada Deep Web, considerado um meio seguro de divulgação de conteúdos variados na internet de forma anônima. Sete ordens judiciais foram antecipadas durante a investigação para evitar o possível abuso de crianças no Rio de Janeiro, Distrito Federal e Paraná. A Polícia Federal do Brasil é uma das poucas no mundo que conseguiram investigar na Dark Web, junto com FBI, Scotland Yard e Polícia Federal australiana. 

Redação Notícias de Santaluz