Dos 775 presos beneficiados pela saída temporária de Natal, na Bahia, 74 não retornaram ao sistema prisional de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap). Dos 298 presidiários, que estavam em unidades penais de Salvador e saíram no Natal, 34 estão foragidos. No interior, a polícia procura por 40 dos 477 gratificados. Comparado ao mesmo período do ano passado, quando 82 dos 861 presos liberados não retornaram, a porcentagem dos que não voltaram às unidades de reclusão permanece estável: 9,5% do total. De acordo com a Seap, os presos com direito a saída temporária – os que cumprem pena no regime semiaberto, conforme previsto no artigo 122 da Lei de Execuções Penais (LEP) – começaram a ser liberados dia 19 de dezembro. Todos deveriam ter retornado no dia 1º de janeiro. A Vara de Execução Penal já está com as identidades dos foragidos. Em caso de retorno, o interno pode ter o benefício suspenso no próximo período natalino. As informações são do G1.