lama_campo_da_fe (Foto: Darlan Alvarenga/G1)

Campo da Fé amanheceu coberto de lama nesta quinta-feira (25) (Foto: Darlan Alvarenga/G1)

A missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude, com a presença do Papa Francisco, que estava prevista para domingo (28) no Campo da Fé, em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, foi transferida para a Praia de Copacabana, na Zona Sul.

A vigília que ocorreria no sábado também mudou de lugar. Segundo o Comitê Organizador da JMJ, o mau tempo tornou a realização impraticável, já que o local amanheceu tomado por lama nesta quinta (25). A informação foi confirmada pelo arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta.

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta no Centro de Operações da Prefeitura do Rio, o prefeito Eduardo Paes pediu a compreensão dos moradores do bairro. Segundo ele, a situação de Guaratiba, “do ponto de vista de saúde coloca as pessoas em risco”, por isso, técnicos em saúde e logística recomendaram a mudança.

Ao lado dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência), Paes adiantou que os eventos estão mantidos, mas que haverá contingências em Copacabana.

Segundo o prefeito, a mudança foi decidida com antecedência, mas pode não haver tempo hábil para transferir todos os banheiros.Por isso, os peregrinos que puderem voltar para casa, devem fazê-lo.

Sobre a segurança e mobilidade, o prefeito afirmou que serão feitas adaptações, mas que mais detalhes sobre as alterações somente serão fornecidos em outra entrevista coletiva, que está marcada para as 11h desta sexta no Rio. “Copacabana é muito mais fácil do que em Guaratiba”, disse o prefeito. (G1)