Foto: Nathalie Guimarães/G1

Um castelo de propriedade do deputado estadual mineiro Leonardo Moreira e do irmão dele, Julio Moreira, está à venda por R$ 40 milhões. De acordo com pelo menos três imobiliárias ouvidas pelo G1, o imóvel, que tem 36 suítes e é revestido de mármore até nos banheiros, ocasionou o desligamento do pai deles, o então deputado federal Edmar Moreira, em 2009, da corregedoria da Câmara e do Democratas.  Desde aquele ano, o castelo está à venda, na época avaliado por cerca de R$ 20 milhões. Pelo caso, Edmar Moreira ficou conhecido como o “deputado do castelo” por ter sido acusado de não ter declarado o castelo – na época avaliado em mais de R$ 20 milhões – na sua prestação de contas na campanha de 2006. À Justiça Eleitoral em 2006, no entanto, o deputado disse ter apenas um terreno de R$ 17,5 mil na cidade. A reportagem do portal avistou Edmar Moreira no castelo em dezembro passado, que fica na área rural de São João Nepomuceno, na Zona da Mata mineira. Trabalhadores do castelo e moradores da cidade, que não quiseram de identificar, disseram que o ex-deputado mora atualmente no imóvel. (G1)