Share Button
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

A fachada do prédio dos Gabinetes dos Vereadores de Feira de Santana, anexo à Câmara Municipal, amanheceu nesta segunda-feira (2) com uma pichação direcionada ao vereador Edvaldo Lima e ao presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara, José Carneiro, informou ao Acorda Cidade que as imagens das câmeras de segurança serão analisadas para identificar os suspeitos e que vai registrar uma queixa na delegacia. Ele informou também que vai mandar limpar a pichação com a frase: ‘F***-se Edvaldo Lima e Bolsonaro’. A suspeita é de que a pichação tenha sido motivada pelo título de Cidadão Feirense que será dado a Bolsonaro, sugerido por Edvaldo Lima. Ao Acorda Cidade, o vereador Edvaldo Lima afirmou que os responsáveis devem ser punidos. Ele lembrou que em feira existe uma lei municipal que proíbe a pichação em órgãos públicos. “Isso é uma intimação ao presidente, ao vereador e a toda Câmara de vereadores. Entendo que isso é uma espécie de ameaça. Quero dizer a toda população que fique tranquila, pois confiamos em Deus e não iremos temer. O presidente da república representa toda uma nação e precisa ser respeitado. Já temos as imagens desses elementos e vamos levar até a polícia. Foram três elementos, um subiu para fazer a pichação e outros dois ficaram na parte de baixo. Um deles colocou uma sigla com ameaça. Vamos até a polícia fazer o registro da queixa e levar a filmagem das câmeras para entregar na mão da polícia, pois vamos pedir, através da justiça, a punição desses elementos. Eles serão punidos dentro da forma da lei para entender que precisam respeitar as autoridades constituídas de uma nação”, afirmou.