ft18-10-2016_175706

Foto: Ascom/ Prefeitura de Tucano

O prefeito de Tucano, Igor Nunes (PT), protocolou nesta terça-feira (18) na Câmara Municipal vetos aos Projetos de Lei que aumentavam o salário dos vereadores, do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais a partir de 2017. Segundo o gestor municipal, além de os projetos não contarem com apoio de maior parte da população, a economia nacional passa por momentos desfavoráveis e de forte crise, o que tem prejudicado as finanças dos municípios. “Não posso, pois, fechar os olhos para os fatos. Não me sentiria com a consciência tranquila caso sancionasse o Projeto de Lei referido, sabendo que o povo está sofrendo em razão dessa crise de grandes proporções. Justo, pois, que ouçamos a voz do povo”, justificou o prefeito no texto do veto. Com isso, os subsídios para todos os cargos citados ficarão no valor que se encontra atualmente e congelado para os próximos quatro anos, porém os vereadores podem derrubar o veto.

Redação Notícias de Santaluz