A presidente Dilma Roussef estará em Salvador na próxima quinta-feira (4), onde anunciará o Plano Safra do Semiárido. O lançamento que estava previsto para o dia 21 de junho, foi adiado devido as manifestações que ocorreram em todo país no último mês. A principal medida do Plano Safra do Semiárido será a suspensão das execuções das dívidas dos produtores da região até o fim do ano que vem. Também será concedido desconto de até 85% para a liquidação de operações de crédito contratadas até 2006 com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) ou do Tesouro Nacional. O plano também terá medidas de estímulo à construção de silos para armazenagem de alimentos para que os pecuaristas possam alimentar seus rebanhos na época da seca. Atualmente, a escassez de milho, principal alimento dos animais, leva o governo a buscar o grão em outros estados e até a importar de países vizinhos, com um alto custo de deslocamento. Segundo a assessoria do governo estadual, a cerimônia será feita no Centro de Convenções da Bahia. (Exame.com)