WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Presidente da BBOM anuncia volta às atividades nesta sexta (1); Justiça nega liberação de R$ 20 milhões

Segundo o IG, o Grupo BBom, acusado de ser uma pirâmide financeira , tentou mas não conseguiu obter a liberação de R$ 20 milhões bloqueados por decisão da Justiça Federal em Goiás. No pedido, a empresa argumentou que as verbas serviriam, entre outras coisas, para pagar salários. A BBom é apresentada como braço de marketing multinível da Embrasystem, que atua no mercado de monitoramento de veículos. Para o Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO), entretanto, o negócio trata-se apenas de um disfarce para montagem de uma pirâmide sustentada com as taxas de adesão pagas pelos revendedores autônomos do serviço.

Em julho , a juíza Luciana Gheller, da 4ª Vara Federal de Goiânia, determinou o bloqueio de aproximadamente R$ 300 milhões das contas da Embrasystem e de seus sócios, além da apreensão de quase uma centena de carros.

Presidente garante que empresa volta às atividades dia 1° de novembro

Segundo o portal Expresso MT, o presidente da BBOM, João Francisco de Paula, garantiu que a empresa volta às atividades no próximo dia 1º de novembro. Ele participou de um evento que reuniu cerca de 500 pessoas na Deseo Club, em Lucas do Rio Verde-MT, viabilizado pelo grupo King. 

João Francisco falou sobre as mudanças que ocorreram após o bloqueio feito pelo Ministério Público Federal que investiga a empresa. Ele garantiu que a BBOM prestou todos os esclarecimentos e que retoma as atividades a partir da próxima sexta (1).
Redação Notícias de Santaluz

2 respostas para “Presidente da BBOM anuncia volta às atividades nesta sexta (1); Justiça nega liberação de R$ 20 milhões”

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia