Share Button

Por TV Bahia

Presidente da Câmara de Vereadores de Riachão das Neves é preso suspeito de pedofilia | Foto: TV Bahia/Reprodução

Presidente da Câmara de Vereadores de Riachão das Neves é preso suspeito de pedofilia | Foto: TV Bahia/Reprodução

O presidente da Câmara de Vereadores de Riachão das Neves, no oeste da Bahia, foi preso por suspeita de pedofilia, na quarta-feira (15), em Barreiras, na mesma região do estado. Conforme a polícia, Antônio Rodrigues de Souza tirava fotos de meninas durante um curso de informática, do qual era coordenador. O suspeito se apresentou no Complexo Policial de Barreiras. De acordo com a polícia, a mãe de uma das vítimas descobriu o crime cometido por Antônio Rodrigues quando percebeu a mudança de comportamento da filha, após assistir uma reportagem na televisão que falava sobre abuso de menores. A polícia suspeita que mais quatro meninas também tenham sido vítimas do vereador. Antônio Rodrigues tirava fotos das crianças e depois ameaçava contar para os pais ou divulgar na internet, caso os pedidos dele não fossem aceitos. A polícia também informou que o vereador chegou a pagar R$ 10 para elas deixarem ele tirar as fotos. A polícia não divulgou como eram essas fotos. “A senhora promete que não vai me bater?”, perguntou a filha quando foi chamada pela mãe para uma conversa. Segundo a polícia, a menina, então, contou como acontecia os atos feitos pelo vereador. Caso ele seja condenado, Antônio Rodrigues, conhecido como Antônio de Ulisses, pode cumprir pena de 8 a 15 anos de prisão. O vereador disputou e venceu a eleição pelo partido Democratas em 2016.