141763894803122014EC_24_SITE

Nilton César e Tatiana Ferreira, pais da menina N.S.S, 7 anos, que fez o transplante | Foto: Elói Corrêa/GOVBA

A pequena N.S.S., de apenas sete anos, recebeu alta nesta quarta-feira (24) e passou o Natal com a família, como desejava, após ser submetida a um transplante de pele, realizado no Hospital Geral do estado (HGE). A menina teve queimaduras em mais de 80% do corpo, sendo 50% de terceiro grau. Os primeiros atendimentos foram realizados no município de Irará, a 130 quilômetros da capital. Ela teve rosto e membros superiores e inferiores queimados após um acidente doméstico com álcool. A criança estava internada no HGE desde junho e o procedimento foi realizado no dia 28 de novembro. O transplante de pele que, até então, só havia sido realizado no Hospital Universitário Professor Edgar Santos, administrado pelo Governo Federal, ocorreu pela primeira vez em um hospital da rede própria da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Sempre acompanhada dos pais, que se revezam na rotina de hospital, N.S.S. tem realizado todo o tratamento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), que inclui, entre outros procedimentos, sessões de fisioterapia. Também no HGE, a pequena N.S.S. já realizou dois enxertos com a própria pele. A próxima enxertia deverá ser realizada dentro de 15 dias.

Redação Notícias de Santaluz