WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Professora é encontrada morta dentro de casa, em Riachão de Jacuípe

IMAGEM_NOTICIA_5 (2)

Foto: Reprodução / Facebook Ienata Rios

A professora de inglês Ienata Rios foi encontrada morta dentro de casa, em Riachão de Jacuípe, na tarde deste domingo (3). O crime aconteceu por volta das 13h30, no loteamento São José, que fica na área conhecida, como “Troca Tapa”, segundo informações do Correio*. O corpo da vítima foi encontrado nu com vestígios de facadas. “Há suspeita de que ela tenha sido violentada antes de ser morta, mas só uma perícia que poderá confirmar se houve violência sexual”, informou o delegado Sérgio Vasconcelos, titular da Delegacia de Polícia Civil da região, ao jornal. O local do crime foi isolado pela Polícia Militar para a realização da perícia. A causa do crime ainda não descoberta, mas moradores da região acreditam que o autor seja alguém próximo da vítima. “O mais impressionante é que o portão da casa dela estava aberto, nada foi roubado, não tem marcas de arrombamento. Parece que quem matou era íntimo dela, porque esteve dentro da casa enquanto ela estava de toalha”, afirmou a jornalista Alana Adriele ao jornal. Ienata deixa um filho.

1 resposta para “Professora é encontrada morta dentro de casa, em Riachão de Jacuípe”

  • JOSE PLINIO DE OLIVEIRA disse:

    É com profundo pesar e densa consternação que tomo conhecimento da morte da estimada Profª Ienata Rios, ocorrida nesta tarde de domingo. Creio que ela foi minha aluna no CAMPUS XIV da UNEB em Conceição do Coité, pelo nome e características representadas na foto não pode ser outra pessoa senão ela; infelizmente. Quero manifestar as minhas condolências e de minha família aos familiares da extinta docente, assim como aos seus colegas de trabalho, [email protected] e [email protected] Deus acolha a sua alma com Grande Misericórdia e nos ajude a trabalhar de forma fraternal, permanente e profícua por uma CULTURA DA PAZ em nossa terra. Não é possível que a Escalada da Violência, seja qual for a sua natureza, continue a ceifar tantas vidas humanas e a nos causar tanta dor. Ainda há pouco tempo tivemos o episódio trágico com dois professores – pelo menos um corpo já foi identificado – da cidade de Santa Luz, o Paraíso das Rochas do Sertão da Bahia. É muito triste e doloroso. Acredito que além da polícia, da justiça, da escola e etc. deve haver, e há, algumas coisas que podem ser feitas por iniciativas da sociedade civil organizada. DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE [email protected] NÓS.

    José Plínio de Oliveira

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia