Manifestantes farão uma aula pública em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) | Foto: Reprodução

Professores das Universidades Estaduais paralisam as atividades em protesto à redução das verbas. Os professores das universidades estaduais prometem cruzar os braços nesta quarta-feira (11), de acordo com a ADUFS (Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana). Em nota, a associação informou que o motivo da paralisação é o projeto de Lei Orçamentária para 2014 do governo, que pretende reduzir as verbas das quatro Universidades Estaduais da Bahia (Uefs, Uesc, Uneb e Uesb). Os manifestantes farão uma aula pública em frente à Assembleia Legislativa (Alba), no Centro Administrativo da Bahia, às 10h. Depois, às 11h, eles participarão de uma audiência pública promovida pela Comissão de Educação da Casa. Ainda segundo a ADUFS, o enviado pelo governador à Assembleia Legislativa, prevê a redução em mais de R$10 milhões para investimentos e custeio de obras, reformas, aquisição de equipamentos, luz, água, telefone, bolsas, restaurante universitário, entre outras. As universidades enfrentam graves problemas causados pela falta de recursos e, de acordo com a associação, o governo não tem liquidado as faturas empenhadas pelas reitorias. (R7)