maismedicosrc

Foto: Divulgação

Um edital foi lançado nesta quinta-feira, 15 de janeiro, para os 424 Municípios que ainda não aderiram ao Programa Mais Médicos. As inscrições vão até o dia 29 de janeiro e podem ser feitas pelas prefeituras e pelos profissionais médicos. Para este ano, a novidade é a incorporação do Programa de Valorização Profissional da Atenção Básica (Provab) no Mais Médicos. Entretanto, somente podem participar as prefeituras do Provab 2014 mediante as seguintes condições: vulnerabilidade econômica e social, localizadas no semiárido, áreas indígenas, Vales do Jequitinhonha, Mucuri, Ribeira e nas periferias de capitais e regiões metropolitanas. De acordo com informações do Ministério da Saúde, os profissionais brasileiros continuam com prioridade no processo seletivo. Porém, agora terão três oportunidades para escolher o Município onde irão atuar. Na inscrição, cada profissional elegerá quatro cidades de diferentes perfis, conforme sua prioridade. A concorrência se dá apenas entre candidatos que optarem pelos mesmos Municípios. Os que não conseguirem alocação podem aguardar pelas vagas remanescentes.  Não será mais considerados os critérios de data e horário de inscrição neste processo de seleção. Ademais, os candidatos brasileiros às vagas do Mais Médicos poderão escolher entre os benefícios oferecidos, moradia e bolsa R$ 10 mil ou um bônus de 10% de pontuação adicional na prova para residência, conforme previsto no Provab. O objetivo do Ministério da Saúde com a medida é diversificar o quadro de profissionais no Programa, uma vez que o Provab costuma atrair recém-formados.

O Mais Médicos foi criado em 2013 para levar médicos às periferias de grandes cidades e aos Municípios do interior do país que não possuíam rede de atenção básica de saúde. As vagas são prioritariamente oferecidas a médicos brasileiros. Quando o preenchimento não acontece, o programa aceita candidaturas de estrangeiros. Os médicos de fora do Brasil recebem um registro de trabalho por no máximo três anos.