01-YAMANA-BANNER-3

Planta do projeto C1 Santa Luz | Foto: Divulgação

A Yamana Gold informou nesta quarta-feira (10) que colocou o projeto de ouro C1 Santaluz em manutenção devido à baixa taxa de recuperação de ouro. Segundo o site Notícias de Mineração Brasil (NMB), a mineradora vai iniciar a avaliação de processos alternativos de recuperação metalúrgica, com previsão de conclusão para até o fim de 2015. 

Segundo a Yamana, C1 Santaluz e Pilar, em Goiás, passaram por um processo gradual de ramp-up e de avaliação no ano passado, com o objetivo de determinar a viabilidade dos projetos devido a alguns desafios operacionais e à queda no preço do ouro.

“Depois de longas e cuidadosas revisões, e tendo dedicado tempo suficiente para esforços de otimização, a Yamana concluiu que o melhor plano para C1 Santaluz será suspender temporariamente as atividades de ramp-up e colocar o projeto em manutenção, enquanto diferentes alternativas de processos metalúrgicos são avaliadas”, informou a mineradora, em comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira (10).

Durante o período de revisão, a mineradora trabalhou para melhorar a taxa de recuperação do circuito de lixiviação a carbono (CIL, na sigla em inglês) em C1 Santaluz que, até o momento, esteve abaixo do planejado. A Yamana disse que está lidando com um significativo conteúdo de carbono no minério, suprime a recuperação de ouro.

A Yamana informou que tem trabalhado com seus empregados, sindicatos, terceirizadas e órgãos do governo para minimizar os impactos nas comunidades locais.

A mineradora disse estar confiante que, uma vez que o processo de avaliação da recuperação metalúrgica estiver concluído, C1 Santaluz vai se tornar uma operação sustentável, fornecendo benefícios a longo prazo para as comunidades locais.