Share Button
marisa2

Segundo cardiologista, dona Marisa não tem mais fluxo cerebral e respira com aparelhos | Foto: Roberto Stuckert Filho

O quadro clínico da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva é irreversível, segundo informou o cardiologista Roberto Kalil Filho na noite desta quarta-feira. De acordo com O Globo, Dona Marisa não tem mais fluxo cerebral, está sedada e respira com ajuda de aparelhos, de acordo com o médico. Ela está na UTI do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, acompanhada de familiares. Na terça-feira, os médicos que a acompanham haviam retirado os sedativos que a mantinham em coma induzido desde semana passada. O estado de saúde de dona Marisa piorou, no entanto, a partir das 16h desta quarta-feira, levando a equipe do Sírio a retomar a aplicação dos remédios. Segundo o doutor Kalil, três motivos levaram à piora do estado de saúde da ex-primeira-dama. A inflamação e o edema causados pelo AVC não regrediram, a pressão intracraniana aumentou e houve vasoespasmos (contrações de vasos sanguíneos) no cérebro. Durante a noite, conforme O Globo, ela passou por um exame para avaliar o fluxo sanguíneo no cérebro. Os resultados mostraram uma circulação mínima de sangue. Após visitar a família, no início da madrugada desta quinta-feira, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, definiu a situação de dona Marisa como “muito grave”: “Agora tá nas mãos de Deus”, afirmou.