Presidente tenta acalmar movimentos separatistas

A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta sexta-feira (8) que é preciso ter cuidado na criação de novos municípios brasileiros, já que não há aumento de receitas, e sim a divisão. “Quanto mais municípios forem criados, menor a fatia do bolo que fica para outros municípios”, afirmou, em entrevista simultânea a rádios do Rio Grande do Sul pela manhã. O Projeto de Lei Complementar (PLC) que define novas regras para a criação de municípios já foi aprovado na Câmara e no Senado e aguarda a sanção da mandatária brasileira. A proposta abre a possibilidade para a criação de 180 novas estruturas administrativas municipais, que poderão se juntar às 5.578 existentes no Brasil. Na entrevista, a petista afirmou também que não concorda com a afirmação de que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) tenha sido reduzido. “O Fundo cresceu, inclusive acima da inflação. Foi 7,4% o crescimento do FPM (…) O governo vem fazendo grande esforço para garantir recursos que não sejam do Fundo”, disse a petista, ao ressaltar que há no país um grande esforço para viabilizar pequenos municípios. A líder nacional voltou também a defender a necessidade da reforma tributária, “desde que ela seja abrangente”. Com informações do jornal O Estado de São Paulo.