Share Button
Presidente Michel Temer, Governador Geraldo Alckmim , João Doria e Henrique MeirellesFoto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles | Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira (3) que espera que a reforma da Previdência seja aprovada até outubro. Ele afirmou também que há possibilidade de aprovar ainda em 2017 a reforma tributária, que ainda não foi enviada pelo governo ao Congresso. “A tributária depende de ser enviada, mas claramente espera-se que a votação seja ainda neste ano”, afirmou Meirelles após participar de evento em São Paulo. Segundo o G1, o ministro também foi questionado se o governo terá força política para conseguir a aprovação da reforma da Previdência na Câmara. Nesta quarta-feira (2), o governo conseguiu 263 votos favoráveis para arquivar a denúncia contra Michel Temer. Esse placar é insuficiente para garantir a aprovação da reforma da Previdência, que precisa de 308 votos a favor, por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição. “São decisões diferentes. Acreditamos sim na viabilidade de aprovação”, resumiu Meirelles sobre o placar considerado mais apertado que o esperado.