Share Button
duque

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, deve fechar um acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. A estimativa é que ainda neste ano haja uma decisão sobre o assunto, de acordo com a coluna Radar Online, de Veja. Em setembro Duque já havia relatado aos investigadores que se encontrou secretamente com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após as primeiras fases da Lava Jato, quando o petista demonstrou preocupação com o surgimento de alguma conta de Duque no exterior. O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, também teria participado da conversa. Duque é acusado de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência a organização criminosa no âmbito da Lava Jato.