WhatsApp-Image-2016-09-05-at-19.39

Caixa suspenderá atendimento ao público por tempo indeterminado a partir desta terça | Foto: Notícias de Santaluz

Os bancários da Caixa e do Bradesco de Santaluz confirmaram a adesão à greve nacional da categoria, marcada para esta terça-feira (6), por tempo indeterminado. A gerência da Caixa destacou que, durante o período de paralisação, o consumidor poderá realizar transações financeiras e pagamentos de contas em canais alternativos, como a casa lotérica e os correspondentes bancários Caixa Aqui, localizados no centro da cidade, além dos caixas eletrônicos da agência, que funcionarão normalmente.

WhatsApp-Image-2016-09-05-at-19.48

Bradesco terá atendimento reduzido durante a greve | Foto: Notícias de Santaluz

O Bradesco informou que também irá aderir à paralisação, porém a agência atuará em regime especial de contingenciamento, com atendimento apenas para os clientes. Durante a greve, os clientes do Bradesco continuarão tendo à sua disposição serviços alternativos como Internet Banking, Bradesco Celular, Fone Fácil, Autoatendimento e correspondentes bancários.

A gerência do Banco do Brasil também foi procurada na tarde desta segunda-feira (5) e informou que se reuniria com os bancários no fim do expediente, mas não tinha confirmado a paralisação das atividades até o fechamento desta reportagem.

WhatsApp-Image-2016-09-05-at-19.49

Banco do Brasil não confirmou adesão à greve até a publicação desta reportagem | Foto: Notícias de Santaluz

A paralisação foi aprovada por bancários de diversos estados em assembleia na última quinta-feira (1º). A categoria reivindica reajuste de 14,78% (o que inclui aumento real de 5%), além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho, e os bancos propõem 6,5%, além de abono de 3 mil reais. A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro do ano passado e teve duração de 21 dias, com agências de bancos públicos e privados fechadas em 24 estados e do Distrito Federal. Na ocasião, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs reajuste de 10%, em resposta à reivindicação de 16% da categoria.

Redação Notícias de Santaluz