WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Parabéns, Santaluz!

SANTALUZ: CDL DISCUTE PROJETO DE REGULAMENTAÇÃO DA FEIRA LIVRE DURANTE REUNIAO COM ASSOCIADOS

Na noite desta quinta-feira (5) a diretoria da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santaluz (CDL) promoveu uma reunião com comerciantes do município. O objetivo da reunião foi discutir o Projeto de Lei nº 1.407/2013, que regulamenta o funcionamento da Feira Livre Municipal.

Durante a reunião os comerciantes criaram uma pauta com sugestões que será apresentada em um encontro que deverá acontecer na próxima semana, entre o prefeito Zenon Nunes (PSD) e uma comissão formada por representantes da CDL e do comércio luzense.

O Projeto de Lei nº 1.407/2013 tem como objetivo principal reestruturar o espaço, padronizar as barracas e organizar a Feira Livre do município de Santaluz.

A proposta já é discutida há algum tempo e tem gerado polêmica e dividido opiniões entre comerciantes, barraqueiros, comerciantes da feira livre dos ramos de roupas, confecções, calçados, e população luzense. Sobretudo por conta dos barracões de confecções que permanecem instalados durante toda a semana e são alvos de reclamações, principalmente, dos comerciantes estabelecidos.

Redação Notícias de Santaluz

2 respostas para “SANTALUZ: CDL DISCUTE PROJETO DE REGULAMENTAÇÃO DA FEIRA LIVRE DURANTE REUNIAO COM ASSOCIADOS”

  • Sheila disse:

    Os comerciantes da Feira Livre tem que ficar mesmo. Não é justo que a gente pague tão caro na loja e ainda sair com roupas iguais… Da ultima vez que comprei 2 (dois) shorts na D’stak, Paguei R$ 220,00 quando fui pra festa,e olhei no carro, tinha duas meninas vestidas em peças idênticas ao que eu estava usando. Então pra que pagar tão caro?? E outra, Santaluz não paga tão bem pra esse povo tá vendendo blusas de R$ 215,00 não.
    Se tirarem o pessoal da feira, eu sou a primeira a incentivar a comprar fora, assim como eu faço.
    Nem a Opção que traz poucas peças e de marca, está vendendo as coisas cara desse jeito.

  • Vania marques disse:

    bom dia na minha opinião não tem como retira as barracas
    as lojas cobra um abi surdo numa bermuda.Santa luz não tem renda suficiente o povo luzense são assalariado para pagar tão caro em uma peça de roupa.a opção e as barracas tem que permanecer sim….

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia