WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Santaluz: delegado ouve cerca de dez pessoas sobre caso de corpos encontrados carbonizados em porta-malas

DSC_0074

Dezenas de pupulares se aglomeraram em frente a delegacia durante a ação | Foto: Notícias de Santaluz

O delegado João Farias ouviu cerca de dez pessoas neste domingo (12) sobre o caso dos dois corpos encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro na noite da última sexta-feira (10). Dois jovens ainda foram conduzidos para averiguação na delegacia durante uma ação conjunta realizada entre as polícias Civil e Militar, mas foram liberados após serem ouvidos. A participação deles no caso não foi confirmada. Dezenas de pupulares se aglomeraram em frente a delegacia durante a ação. O delegado João Farias, responsável pelo caso, disse que o objetivo do inquérito é determinar autoria e motivação do crime e enfatizou o empenho das investigações para elucidar o caso. Segundo o delegado, quem tiver informações sobre o caso pode ligar no (75) 3265-2090. Não é preciso se identificar. 

O caso
O crime aconteceu na noite da última sexta-feira (10). Dois corpos, ainda não identificados, foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro modelo HB20S, de cor branca, após o veículo pegar fogo às margens rodovia BA-120, na saída de Santaluz para Queimadas. No dia do ocorrido, equipes da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal foram acionadas por causa de um suposto acidente envolvendo o carro. A polícia acredita que os corpos possam ser dos professores Edivaldo Silva de Oliveira, conhecido como Nino, e Jeovan Bandeira, mas a confirmação só será possível após exames. De acordo com informações do Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana, para onde os corpos foram levados, um dos corpos deverá ser identificado por teste de arcada dentária e o outro será reconhecido por exame de DNA.

Irmão faz desabafo 
Edmilson Silva de Oliveira, de 36 anos, que é irmão de Nino, acompanhou o trabalho da polícia e fez um desabafo emocionado. “O sentimento é de dor e revolta, porque tanto o meu irmão quanto Jeovan eram pessoas boas e que procuravam viver a vida deles sempre trabalhando e tendo seus momentos de diversão, como qualquer pessoa, independentemente das suas escolhas pessoais. A gente procura e não encontra um motivo que levasse alguém a cometer uma crueldade como essa que fizeram com eles”, desabafou. Edmilson ainda agradeceu a sociedade luzense pelo apoio dado aos familiares das supostas vítimas diante de toda a comoção social gerada após o crime. “Mesmo com toda a tristeza que povoa o meu coração neste momento, gostaria de agradecer ao povo de Santaluz pelo apoio e demonstração de carinho que tem nos dado e às pessoas que estão aderindo à manifestação pelo “fim da violência” que será realizada nessa segunda-feira. Obrigado a todos”, disse.

Redação Notícias de Santaluz

2 respostas para “Santaluz: delegado ouve cerca de dez pessoas sobre caso de corpos encontrados carbonizados em porta-malas”

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia