DSC01135

Ação foi provocada pelo vereador Paulo Crespo
Foto: Notícias de Santaluz

Uma decisão da Juíza Substituta da comarca de Santaluz, Marcela Bastos Barbalho Nogueira, determinou que o prefeito de Santaluz Zenon Nunes da Silva Filho (PSD) disponibilize, pelo prazo de 60 (sessenta) dias, na sede da Câmara dos Vereadores, os processos de contratação e pagamentos do ano de 2013 do município.

A determinação partiu de uma ação provocada pelo vereador Paulo Crespo (PMDB), alegando que o prefeito encaminhou para a Câmara Municipal apenas os balanços financeiros e alguns outros documentos, mas não os principais documentos da gestão, que são os processos licitatórios ou de contratações diretas e os empenhos, o que, segundo o vereador, dificulta a análise e fiscalização das contas.

A decisão da magistrada foi publicada na edição desta terça-feira (8), do Diário Eletrônico da Justiça da Bahia.

Assessoria do prefeito diz que contas já foram enviadas e apreciadas pelos vereadores

Procurado pelo Notícias de Santaluz, o prefeito Zenonzinho, através de sua assessoria, emitiu nota informando que a prestação de contas referente  ao exercício financeiro de 2013 foi enviada à Câmara Municipal no início deste ano, onde permaneceu à disposição do público por 60 dias, conforme determinação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e, após terem sido apreciadas por todos os vereadores, as contas foram encaminhadas pelo presidente do Legislativo para análise do TCM. Ainda em nota, o prefeito reforçou o compromisso de transparência assumido com o povo luzense. 

Redação Notícias de Santaluz

Deixo o seu comentário

comentário(s)