WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Santaluz: luzense dá dicas de como preparar linguiças artesanais; confira

Com informações do Correio24horas
RTEmagicC_3008206_linguica_3_01.jpg

Bruna Moreira é natural do distrito de Pereira, pertencente a Santaluz | Foto: Angeluci Figueiredo/CORREIO

Linguiça vai muito além da calabresa do churrasco e do paio da feijoada. Embutir surgiu para conservar. Estudante de Gastronomia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), a luzense Bruna Moreira*, da Amoreira Charcutaria, alerta: “As grandes indústrias botam nos embutidos os restos dos cortes perfeitos e carne mecanicamente separada, que é quando moem ossos com restos de carnes e depois separam um do outro. Mas a qualidade não fica boa”. Com uma linguiça de peixe com caranguejo, Bruna foi a vencedora do concurso de estudantes da 7ª edição do Nordeste Gourmet Bahia e estagiou no Amado. Em São Paulo, foi para o Vito, com o chef André Mifano (The Taste Brasil/ GNT) e para o Esquina Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira. Hoje estagia na Casa de Tereza, com a chef Tereza Paim.

Ela adentrou o mundo dos embutidos num trabalho da faculdade de gastronomia. “Uma professora passou um trabalho sobre o assunto. Comecei a pesquisar e nunca mais parei”, conta Bruna. Depois, fez um curso com o mineiro Mário Portella, um dos papas da charcutaria no Brasil. Hoje ela tem as próprias máquinas para moer e ensacar as linguiças, que viraram tema de seu trabalho de conclusão de curso: “Meu projeto é, com a linguiça, valorizar a carne caprina de animais mais velhos. Estamos testando receitas para diminuir a sensação de ranço, que eu acho que é bem cultural”.

Linguiça de porco – Por Bruna Moreira (Amoreira Charcutaria)

Ingredientes: 1 quilo de pernil de porco; 200 g de toucinho fresco; 20 g de sal; Pimenta e alho a gosto

Preparo: Moa a carne quando ela estiver quase congelada. Já o toucinho pode moer congelado mesmo. Misture os dois numa vasilha e depois salpique o tempero a gosto. Deixe descansar por cerca de duas horas na geladeira. Por fim, basta embutir, que é o processo de encher a tripa, que deve estar bem lavada. Quem não tem ensacadeira pode usar o moedor de carne.

Linguiça de bode – Por Bruna Moreira (Amoreira Charcutaria)

Ingredientes: 1 quilo de carne de bode; 200 g de toucinho fresco; 20 g de sal; Alho, alecrim e pimenta preta a gosto

Preparo: Moa a carne quando ela estiver quase congelada. Já o toucinho pode moer congelado mesmo. Misture os dois numa vasilha e depois salpique o tempero a gosto. Deixe descansar por cerca de duas horas na geladeira. Por fim, basta embutir, que é o processo de encher a tripa, que deve estar bem lavada. Quem não tem ensacadeira pode usar o moedor de carne.

*Bruna Moreira é natural do distrito de Pereira, pertencente a Santaluz

1 resposta para “Santaluz: luzense dá dicas de como preparar linguiças artesanais; confira”

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia