Share Button
sessao_previdencia

Ato foi realizado na Câmara de Vereadores | Foto: Notícias de Santaluz

Integrantes de movimentos sociais e sindicais lotaram o plenário da Câmara de Vereadores de Santaluz na manhã desta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, para protestar contra a reforma da Previdência Social, Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC 287, sugerida pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB). O texto apresentado pela gestão Temer pretende fixar uma idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de homens e mulheres. Além disso, o trabalhador que desejar se aposentar recebendo a aposentadoria integral deverá contribuir por 49 anos.

Durante a sessão em que foi aprovada pelos vereadores, por unanimidade, uma moção de repúdio contra a proposta da reforma da previdência, representantes da Associação do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Santa Luz (Ammtrafas) e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais discursaram na tribuna, e apresentaram outras reivindicações, entre elas, a continuação das obras do projeto Araci Norte, sistema integrado de abastecimento de água que irá beneficiar mais de 30 comunidades na zona rural de Santaluz. A inauguração do sistema estava prevista para dezembro do ano passado, mas, a obra, que faz parte do programa Água para Todos, se encontra paralisada.

Um dos momentos mais eufóricos ocorreu quando a agricultora Valmira Lopes de Souza, ao usar a tribuna da Casa, puxou um sonoro “Fora, Temer”, sendo acompanhada pelo público presente.

Segundo os organizadores do ato, a sessão reuniu ainda integrantes do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Território do Sisal, da Igreja Católica, APLB/Sindicato, Movimento de Organização Comunitária (MOC), Associação dos Agentes de Combate a Endemias, Centro de Apoio aos Interesses Comunitários do Município de Santaluz (Ceaic) e da ONG Humanas, entre outros.

Para o presidente da Câmara, vereador Peu, o ato se deu em um ambiente democrático. “A Câmara de Vereadores é a ‘Casa do Povo’, e na nossa gestão as portas vão estar sempre abertas para a comunidade levantar suas bandeiras e promover momentos como esse, sobretudo em um ambiente democrático que possibilite o debate saudável e inteligente, como o que aconteceu aqui hoje”, afirma o parlamentar, que aproveitou a ocasião e parabenizou as mulheres pelo seu dia.

Notícias de Santaluz