xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.Q_1ElHVktT

Foto: Portal Clériston Silva/Reprodução

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) apura três casos de mortes de recém-nascidos na cidade de Serrinha, na região sisaleira do estado. As acusações foram recebidas pela 1ª Promotoria de Justiça e apontam erro médico nos três registros. O último caso investigado é a morte de uma menina, no início deste mês. No processo, a mãe, uma adolescente, informa que o suposto erro médico ocorreu no Hospital Santana de Serrinha. Procurada pelo Bahia Notícias, a Promotoria disse que ainda não trabalha com a acusação de homicídio culposo. O caso ainda está na fase inicial de levantamento e as informações serão submetidas à apreciação de um médico do MP, que apresentará um parecer sobre o fato. No processo, também foi informado que a menina tinha um problema médico, diagnosticado em uma avaliação morfológica. No entanto, a causa mortis ainda não foi divulgada. Segundo o Bahia Notícias, outros dois casos com acusação de erro médico são investigados em Serrinha. Um tem denúncia conjunta do Conselho Tutelar local e ocorreu no Hospital Hosca, que também realiza partos no município. Os casos foram divulgados na edição do Diário da Justiça na segunda-feira (17).