54733-3

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Cerca de 3.800 servidores das universidades estaduais da Bahia pararam as atividades nesta segunda-feira (10), segundo informações da Coordenadora geral do Sintest/Uefs (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do 3º grau), Roquidea Souza e Silva. A reivindicação principal é a regulamentação da lei do plano de cargos e carreira, que está atrasado há três anos, além do aumento do vale refeição e reajuste salarial. A mobilização vai até sexta-feira (14). Apesar da paralisação, a Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana) está com os portões abertos e professores e alunos têm acesso às dependências da universidade. Na Universidade Estadual da Bahia (UNEB) e Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB) os portões estão fechados e os alunos estão sem aulas durante essa semana. Informações do Acorda Cidade.