147498690519acoorpinjosealberto27092016

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A Polícia Civil cumpriu, nesta segunda-feira (26), mandado de prisão preventiva contra José Alberto Borges Júnior, de 24 anos, suspeito de integrar um grupo de pessoas que agrediu e roubou a arma de uso restrito de um subtenente da Polícia Militar na cidade de Filadélfia, no centro-norte baiano. Segundo a Polícia Civil, o mandado foi expedido pela Juíza Eleitoral da 149ª Zona Eleitoral de Itiúba, depois que, durante a carreata de um candidato a prefeito da região, o policial pediu aos responsáveis pelo evento que desligassem o som do paredão, uma vez que estava infringindo a legislação eleitoral e encontrava-se a menos de 200 metros do hospital municipal de Filadélfia. De acordo com a polícia, mesmo tendo se identificado como subtenente e agido dentro do que a lei determina, o policial acabou agredido por pessoas que participavam do evento, estimulados, segundo testemunhas, pelo locutor que animava o comício e pelos apoiadores da campanha. José Alberto foi preso por policiais da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Senhor do Bonfim.

Redação Notícias de Santaluz