RTEmagicC_1_21.jpg

Suspeito foi preso menos de um dia após o crime | Foto: Divulgação

O suspeito de matar o catador de latas Evilásio dos Santos, 35 anos, durante uma briga no circuito Dodô foi preso neste sábado (6), menos de um dia depois do crime. Daniel Santos da Paixão, 28, confessou o crime. Ele foi preso no bairro de Saramandaia. Segundo o Correio24horas, em depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Daniel disse que tinha um desentendimento antigo com Evilásio, que era conhecido como Cara de Cachorro, motivada por uma briga por pontos de venda de drogas em Saramandaia. Na noite de sexta, Daniel trabalhava como cordeiro de um bloco e ao encerrar o serviço viu Cara de Cachorro em Ondina. Ao ver o desafeto, ele partiu para cima da vítima, dando vários murros. Com uma faca furtada de um bar das proximidades, ele acabou atacando Cara de Cachorro e atingido-o com golpes. A camisa e a bermuda usadas por ele, manchada de sangue, e uma faca foram apreendidas na casa de Daniel. Daniel tem duas passagens pela polícia por furto qualificado e tráfico de drogas.

Crime
Depois de ser esfaqueado, Cara de Cachorro chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o posto médico da prefeitura de Salvador, instalado no circuito Barra-Ondina, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade.