Vários municípios sul baianos já foram notificados

O Sistema Integrado de Gestão e Auditoria (Siga), do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), está cruzando CPFs de todos os servidores públicos municipais da Bahia para identificar acúmulo ilegal de cargos públicos. Já foram identificados casos de professores com carga horária de 80h em alguns municípios. O TCM já está notificando os municípios baianos quanto ao acúmulo ilegal de cargos públicos. Há casos de professores com 80 horas, distribuídas em dois municípios; médicos com vínculos em até 05 municípios e servidores com carga de 40h como professor e também 40h como agente de endemias. Segundo informações do TCM, em 2014 haverá cruzamento de dados também de servidores estaduais. O objetivo da iniciativa é, segundo o Tribunal, impedir a farra dos acúmulos ilegais de cargos públicos. O cruzamento de dados deve trazer muita dor de cabeça aos servidores com acúmulo de cargos públicos. (Ubatã Notícias)