Cristiano Araújo dos Santos, de 22 anos, e Wellington Santos Oliveira, 20, apontado como seu comparsa, foram presos em Várzea Paulista (SP) 

O filho de uma das ganhadoras do último prêmio da Mega da Virada foi preso suspeito de forjar o próprio sequestro para extorquir a mãe. Ela participou de um bolão com outros 21 funcionários do Hospital Municipal Waldemar Ferreira, no município de Teofilândia, no nordeste do estado. Cristiano Araújo dos Santos, de 22 anos, e Wellington Santos Oliveira, 20, apontado como seu comparsa, foram presos em Várzea Paulista (SP) após pedirem resgate no valor de R$ 300 mil. Orientada pela polícia, a mãe de Cristiano fez depósitos na conta do filho com valores abaixo do pedido. Por meio de imagens do circuito de segurança de um banco na cidade paulista, a mulher reconheceu o filho. Segundo o delegado Getúlio Queiroz Leal, titular da Delegacia Territorial de Teofilândia, Cristiano, ao saber do prêmio de R$ 2 milhões, ganho pela mãe, foi pedir dinheiro para comprar uma casa em Várzea Paulista (onde mora há dois anos). Como lhe foi negado, convidou Wellington para participar do falso sequestro. Os dois jovens foram presos e encaminhados ao Centro de Triagem de Jundiaí (SP), onde aguardam a decisão da Justiça.

Redação Notícias de Santaluz