Share Button

Geraldo Alckmin e Lula durante debate dos candidatos a presidente em 2006 | Foto: Sergio Moraes/Reuters

Apontado como possível nome para assumir o posto de vice de Lula numa chapa para 2022, Geraldo Alckmin (PSDB) gera preocupação em lideranças do PT. Os petistas veem a possibilidade de a presença de Alckmin estimular tentativas de derrubada de um eventual futuro governo. A informação foi publicada pela Folha de S.Paulo. Segundo divulgado, o raciocínio conclui que Alckmin é confiável e não faria movimentos para derrubar Lula, mas seria um nome agradável para a direita e o mercado financeiro, facilitando a movimentação pela queda do petista caso o governo enfrente uma crise. Alas do PT acreditam que o impeachment de Jair Bolsonaro não vingou, em parte, porque o vice-presidente Hamilton Mourão poderia assumir a presidência, o que na avaliação, seria pior do que suportar Bolsonaro.