img_8307

Menino de seis anos foi encontrado entre as vítimas da mesma família | Foto: Josmar Leite/ RBS TV

Um crime brutal chocou os moradores do bairro Restinga, na Zona Sul de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na manhã deste sábado (8). Três mulheres e uma criança foram encontradas mortas com sinais de degola e perfurações de faca dentro de uma casa na Alameda G. De acordo com informações da RBS TV, as vítimas foram identificadas como Sandra Regina Farias Fim, de 62 anos, Lauren Roseane Farias Fim, de 27 anos, Vitória Regina Fim Rodrigues, de 17 anos, e Gregori Fim da Silva, de seis anos, filho de Lauren. Todos eram da mesma família e moravam na casa há poucas semanas. De acordo com informações da investigação, no interior da casa havia sinais de luta corporal e um princípio de incêndio na cozinha. A hipótese é de que o criminoso tenha tentado atear fogo na casa para ocultar as evidências da chacina. 

Crime pode ter motivação passional

Um familiar, pai de uma das vítimas, contou à reportagem que o crime pode ter causas passionais. O ex-companheiro de uma das mulheres assassinadas não teria aceitado o fim do relacionamento. A polícia afirma que não trabalha com hipóteses de suspeitos e iniciará as investigações para aprofundar as causas e a autoria do crime, que foi encaminhado à 4ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre.