Partido Republicano da Ordem Social (PROS), será identificado com o número 90.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na noite desta terça-feira (24), por cinco votos a dois, a criação do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), fundado no dia 4 de janeiro de 2010. A legenda será identificada com o número 90.

Após a aprovação do PROS, o TSE também aceitou o registro do Partido Solidariedade, que será identificado com o número 77. O partido tem como líder o deputado Paulinho da Força, que estava no PDT.

De acordo com a Lei Eleitoral, expira no próximo dia 5 o prazo para criação de partidos aptos a disputar as eleições de 2014. Com o registro e a aprovação do PROS e do Partido Solidariedade, o Brasil passa a ter 32 partidos registrados no TSE.

Deputado Paulinho da Força, idealizador do Solidariedade. A legenda será identificada com o número 77.

Após a decisão do TSE, o deputado Paulinho da Força, idealizador do Solidariedade, disse que deverá apoiar nas próximas eleições um candidato de oposição ao governo Dilma. Segundo ele, cerca de 30 deputados federais devem embarcar na nova legenda. (Com informações da Agência Brasil)