O Uruguai será o adversário do Brasil nas semifinais da Copa das Confederações. Neste domingo, o técnico Óscar Tabárez aproveitou o confronto diante do frágil Taiti para poupar seus titulares – apenas Diego Pérez atuou desde o início -, mas ainda assim a equipe sul-americana não teve dificuldade para golear por 8 a 0, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife), em resultado que confirmou-lhe na segunda colocação do Grupo B. A seleção uruguaia chegou aos seis pontos, com apenas uma derrota até o momento – na estreia, para a Espanha. Com isso, garantiu um confronto sul-americano diante do Brasil na próxima quarta-feira, às 16 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Quem avançar, pegará na decisão o vencedor do duelo entre espanhóis e italianos, que jogam na quinta, na Arena Castelão, em Fortaleza. Mesmo com três goleadas sofridas nas três partidas disputadas, com 24 gols sofridos e apenas um marcado, o Taiti deixa a Copa das Confederações como um dos principais personagens da competição. Com apenas um jogador profissional – o meia Vahirua – o time da Oceania foi o “saco de pancadas” do torneio, mas conquistou a simpatia dos torcedores por onde passou.