o_proprietario_do_frigorifico_contou_que_o_bezerro_pesa_5_kg_e_tem_aproximadamente_7_meses_

O proprietário do frigorifico contou que o bezerro pesa 5 kg e tem aproximadamente 7 meses | Foto: Liliane Viana/Arquivo Pessoal

Um caso inusitado de um bezerro com duas cabeças assustou os moradores de Óbidos, no oeste do Pará, na manhã de quarta-feira (13). Em um matadouro da cidade, uma vaca foi abatida e para surpresa dos trabalhadores do local, ela estava prenha de um bezerro com mutação gemelar incompleta. O caso ganhou rápida repercussão no município e intrigou os moradores. O proprietário da vaca, Aluísio Câncio, contou ao G1 que nunca presenciou algo parecido. Ele acredita que o fato é inédito no município. “Trabalho no ramo há mais de 40 anos e eu nunca tinha visto uma coisa parecida aqui na região. Deve ser um fato inédito esse bezerro com duas cabeças (…). Meu irmão levou os animais até o frigorífico e quando chegou aqui me deu essa notícia. Eu fiquei surpreso com esse fato, me deu medo, mas eu entendo que isso seja obra da natureza. É estranho, mas é a natureza. Era uma vaca velha que eu pensava que não daria mais filhos”, ressaltou. O G1 procurou um especialista para esclarecer o fato. A médica veterinária doutora em reprodução das Faculdades Integradas do Tapajos (FIT/Unama), Simone Vieira Castro, explicou que em bovinos não é comum ocorrer parto gemelar (dois bezerros). “Nesse caso, como o animal era velho, o embrião não conseguiu se dividir corretamente, e os dois fetos que eram para se formarem separados começam o desenvolvimento com alguns órgãos separados, mas a maior parte do corpo é um só”.