O primeiro acidente ocorreu próximo à fábrica da Via Uno, na rodovia que liga Valente a São Domingos, por volta das 16h30, quando a moto Titan preta de placa JSI 9781, pilotada pelo senhor Adileu Ferreira Lima, 59 anos e que levava na garupa a jovem Ronicleia Oliveira de Jesus, 24 anos, ambos moradores da cidade de São Domingos, foi atingida por um veículo Monza de cor azul e placa KQA 5497 que vinha no sentido contrário em direção a Valente e adentrou para o bairro da Petrolina sem observar que a moto seguia na via.

Após a colisão, o motorista do Monza evadiu-se sem prestar socorro às vítimas. Populares que passavam no momento do acidente acionaram a Polícia Militar de Valente que se dirigiu até o local juntamente com uma ambulância do Hospital Municipal para prestar socorro às vítimas e desobstruir a via.

Na unidade hospitalar, após o atendimento da equipe comandada pelo Dr. Antônio Carlos, ficou constatado que Ronicleia teve apenas escoriações leves e após ser medicada foi liberada. Já o senhor Adileu, estava inconsciente, respirava com dificuldade e não resistiu aos ferimentos vindo a óbito. O seu corpo foi encaminhado para o IML em Feira de Santana.

Meia hora depois, a guarnição da PM recebeu a informação de um novo acidente poucos metros à frente de onde aconteceu o anterior, próximo à fábrica da APAEB envolvendo um veículo Corsa de placa JMM 2376, dirigido por Euzito de Queiroz Firmo, 40 anos, morador do Bairro Fazenda Coutos em Salvador e a moto Honda Biz de placa JSA 0072 pilotada pela jovem de iniciais R.L.O, 17 anos, moradora da cidade de São Domingos.

Segundo informações do motorista do Corsa, Euzito, ele seguia pela via sentido São Domingos-Valente quando se deparou com a jovem que vinha na Biz com a cabeça baixa como se estivesse olhando para o celular e sem perceber invadindo a contra mão. Ele ainda tentou desviar, mas não houve como evitar a colisão. Por sorte a ambulância da cidade de São Domingos passava pelo local no momento do acidente e prestou socorro a vitima, conduzindo-a até a unidade hospitalar daquela cidade. A jovem acidentada é filha de um funcionário do Hospital Municipal de São Domingos.

A equipe plantonista que atendeu a jovem informou que ela teve escoriações leves pelo corpo, um corte no ombro esquerdo, estava consciente, porém meio desorientada devido ao choque. Diante disso, a mesma foi encaminhada para realização de exames mais detalhados em outra unidade hospitalar provavelmente no Clériston Andrade em Feira de Santana ou no HGE em Salvador.

O motorista do Corsa, bem como seus familiares, estavam muito abalados, mas felizmente nada sofreram. (Notícias do Sisal)