José Lima de Jesus, 51 anos, morador do bairro Minação, conhecido como “Zé Pintor”, foi encontrado caído na estrada vicinal que liga o bairro Piana ao povoado de Tanquinho, município de Valente, por volta das 18h30 do último sábado, (24).

Segundo informações de familiares, José Lima, tinha o costume de ir caminhando por essa estrada vicinal para a sua propriedade rural que fica a alguns metros do local onde o mesmo foi encontrado caído, por moradores das proximidades que ligaram para o Hospital Municipal solicitando uma ambulância para socorrê-lo e conduzi-lo para a unidade.

Ao ser atendido pela equipe plantonista, ficou constatado que o mesmo teve escoriações pelo corpo, suspeita de traumatismo craniano e estava desacordado. Diante disso, o médico resolveu encaminhá-lo para o HGE em Salvador.

Segundo populares ninguém presenciou o que realmente ocorreu com José Lima. Suspeita-se devido ao seu estado que o mesmo tenha sido atropelado e se a suspeita for verdadeira o autor do atropelamento evadiu-se do local sem prestar socorro à vítima, o que é lamentável.

Por volta das 19h fomos informados de um acidente envolvendo uma moto Honda Fan de placa JLF 9298, pilotada por Elias Oliveira da Silva, morador da comunidade de Vista Bela, município de Retirolândia, ocorrido na estrada que liga Valente a São Domingos na curva próximo a fábrica da APAEB.

Alguns cavaleiros que passavam montados pelo local com destino a uma festa de vaqueiros no município vizinho presenciaram o momento em que Elias vinha pela rodovia em velocidade e passou direto na curva indo de encontro a uma caixa de cimento da rede de esgoto.

Os cavaleiros desmontaram e foram socorrer Elias. Ao perceber a gravidade ligarem para o Hospital Municipal e informaram o ocorrido. De imediato, foi enviada uma ambulância para a remoção da vítima. A Polícia Militar esteve no local e providenciou a remoção do veículo, bem como a desobstrução da via.

Momento do socorro do Sr. Elias pela equipe do HMJMA.

Na unidade hospitalar, após ser avaliado, constatou-se que Elias teve escoriações pelo corpo, suspeita de traumatismo craniano e de tórax e estava consciente, porém desorientado. Devido ao quadro, o médico plantonista resolveu encaminhá-lo também para o HGE. (Notícias do Sisal)