Na última reunião com líderes de partidos da base aliada, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) anunciou sua posição quanto a escolha do candidato que disputará as eleições estaduais, sob a benção do governo, em 2014. Segundo ele, a decisão só deve ser tomada em novembro ou dezembro, quando o cenário da batalha eleitoral estiver mais claro. A informação é da coluna Satélite, do Correio. No encontro, realizado nesta quinta-feira (11), o petista também disse ter abandonado de vez a ideia de disputar uma vaga na Câmara dos Deputados no ano que vem. A hipótese ganhou força após algumas entrevistas à imprensa, nas quais Wagner manifestou o desejo de deixar o mandato antes do fim para concorrer ao Parlamento. Ainda de acordo com a publicação, a queda na popularidade de políticos ligados ao seu partido, ocasionada pela onda de protestos no país, fez com que o governador evitasse precipitações. (Correio)